Instituto Cândida Vargas realiza ação para inserção do DIU em 65 usuárias neste sábado

Ação de prevenção

Instituto Cândida Vargas realiza ação para inserção do DIU em 65 usuárias neste sábado


01/12/2023 |
19:30 |
25

O Instituto Cândida Vargas (ICV), que faz parte da Rede Hospitalar da Prefeitura de João Pessoa, realiza, neste sábado, às 8h, uma ação de inserção do Dispositivo Intrauterino (DIU) para cerca de 65 usuárias atendidas na Atenção Básica do Sistema Único de Saúde (SUS) da Capital. Os procedimentos serão realizados na Unidade Integrada de Cruz das Armas e integram as ações de prevenção e promoção à saúde da mulher.  

Na ocasião do mutirão, haverá uma roda de conversa entre profissionais responsáveis pela inserção e as usuárias para reforçar as orientações, retirar eventuais dúvidas e diminuir os anseios.  

Para serem inseridas na ação, as mulheres já haviam manifestado interesse às suas respectivas Equipes de Saúde da Família (ESFs) durante o planejamento reprodutivo, sobre o método contraceptivo de longa duração. “O DIU é indicado para mulheres com mais de 14 anos que já sejam sexualmente ativas. Porém, é essencial avaliar se há presença de fatores de riscos para doenças inflamatórias pélvicas, que podem contraindicar a colocação”, disse a diretora técnica do ICV, Juliana Soares.  

Interessadas no serviço – As mulheres que desejarem colocar o DIU devem sinalizar às Equipes de Saúde da Família para receberem mais orientações sobre o procedimento. Os profissionais da Atenção Básica vão orientar sobre este e outros métodos contraceptivos oferecidos pelo SUS e junto à usuária definirão a melhor estratégia para planejamento reprodutivo e/ou método anticoncepcional.  

DIU – É um método contraceptivo bastante eficiente, reversível e que pode ser utilizado por um período de tempo prolongado. Consiste em uma pequena estrutura em formato de ‘T’ que é inserida no interior do útero da mulher, que pode ou não liberar hormônios, dependendo do tipo indicado para a necessidade de cada mulher.   Existem vários tipos de DIU. Na Rede Municipal, o procedimento é feito em ambulatório e o dispositivo utilizado é o DIU de Cobre, uma opção não hormonal, segura e de longa duração (10 anos).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *