Governador vistoria construção da nova unidade prisional no Planalto Norte

Foto: Eduardo Valente/Secom

Após a inauguração da nova estrutura prisional em Tubarão, no Sul do Estado, na última quinta-feira, o governador Jorginho Mello visitou neste sábado, 16, em São Bento do Sul, mais uma unidade prisional que está próxima de ser inaugurada, reafirmando o compromisso do Governo do Estado em fortalecer o sistema prisional catarinense.

A nova Penitenciária Industrial de São Bento do Sul ocupa uma área total de 10.862,91m², teve um investimento de R$ 32.915.697,24 e tem capacidade para abrigar 420 internos em regime fechado. Alinhada à principal meta do Governo do Estado para o sistema prisional, a nova unidade na Região do Planalto Norte será focada na ressocialização dos detentos por meio do trabalho e da educação.

“Essa unidade já deveria ter sido entregue em 2021. Se arrastava há cinco anos, mas agora cobramos a empresa e ficamos acompanhando o andamento dos trabalhos para antecipar a entrega da unidade. A ideia é ativar a penitenciária até maio. Estamos trabalhando para diminuir o déficit de vagas por todo o estado e ampliar o serviço laboral”, destacou o governador Jorginho Mello.

A unidade possui um módulo de oficinas com aproximadamente 964 metros quadrados e um módulo educacional com cinco salas de aula, cada uma com capacidade para 25 apenados, além de uma sala de informática, biblioteca, sala dos professores e espaço para interação entre os detentos e a sociedade.

“Esta é mais uma importante demonstração de apoio e cuidado do nosso governador ao sistema prisional catarinense, elevando ainda mais os índices da segurança pública no estado e oferecendo reais condições de ressocialização aos internos do sistema prisional”, destacou o secretário da SAP, Carlos Alves.

A secretária adjunta, Joana Mahfuz Vicini, complementa que essas novas unidades que estão sendo inauguradas são fundamentais e estratégicas no aprimoramento das políticas públicas no sistema prisional. “São novas e modernas unidades que impactam na diminuição do déficit de vagas no sistema, substituindo gradativamente as unidades antigas por unidades pensadas em todas as vertentes de ressocialização e dignidade”, disse.

A nova unidade de São Bento do Sul também conta com áreas específicas para assistência à saúde, incluindo consultório odontológico, consultório médico, posto de enfermagem, quartos individuais e coletivos para isolamento e tratamento médico. Também dispõe de uma sala de atendimento social, sala para audiências, sala da OAB e 11 parlatórios.

Com foco na sustentabilidade ambiental, a edificação possui um sistema de coleta e armazenamento de água pluvial para reutilização nas áreas externas, além de um reservatório com capacidade para 333 mil litros de água, com sistema de aquecimento através de boiler e recirculação de água.

A edificação é cercada por uma muralha de 6 metros de altura e possui quatro torres de vigilância com 10 metros de altura nas extremidades da unidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *