Semana do Pescado da Cecaf reúne peixes, frutos do mar, produtos agrícolas, gastronomia e artesanato

Cavalinha, tilápia, anchova, corvina, filé de pescada amarela, robalo, meca, filé de salmão, bacalhau, além de marisco, camarão e outros frutos do mar são alguns dos produtos que podem ser encontrados na Semana do Pescado da Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf), que começou nesta quarta-feira (27) e vai até sábado (30), das 5h30 às 14h30. O projeto já faz parte do calendário anual de eventos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), responsável pela administração do local.

O vice-prefeito Leo Bezerra participou da abertura da Semana do Pescado na Cecaf e conferiu de perto a qualidade dos produtos oferecidos pelos pescadores. “Vai ser mais um grande evento, tenho certeza disso. Agradeço à Sedurb e todas as pessoas que se envolveram para realizar a Semana do Pescado. O prefeito Cícero Lucena foca muito na valorização da agricultura, inclusive aqui na Cecaf, fomentando cada vez mais não só a parte gastronômica, mas também da nossa cultura e eu fico muito feliz em participar da abertura deste evento”, destacou.

O secretário O secretário de Desenvolvimento Urbano, Rodrigo Trigueiro, falou sobre a política de valorização com agricultores, artesãos e microempreendedores, que a Secretaria conseguiu implantar nos últimos anos. “A Cecaf é um berço de fomento à agricultura familiar, não só em João Pessoa, hoje contempla agricultores de mais de 20 municípios, inclusive pescadores também. Num só lugar é possível encontrar também gastronomia e artesanato e a gente tá sempre buscando realizar eventos para impulsionar as vendas dessas pessoas. A Sedurb tem ainda a Feira Móvel do Produtor, que impulsiona o trabalho do produtor rural e de microempreendedores. São projetos que fazem parte do novo modelo de gestão adotado pela Secretaria de 2021 para cá”, ressaltou o titular da Sedurb.

A A família de Maria Priscila, de Alhandra, tem na pesca artesanal a principal fonte de renda. Ela trabalha comercializando seus produtos na Cecaf há cinco anos. “Temos peixes a partir de R$ 10, tilápia a partir de R$ 15, traíra a partir de R$ 25, pescada amarela, várias opções de produtos e valores e, a depender da quantidade que o cliente queira levar, a gente pode ajeitar um desconto”, explicou.

Dona Cleide Rodrigues é de Itapororoca e vende pescado na Cecaf há nove anos. “Tem muita variedade, aqui todo mundo se ajuda, o que não encontrar na nossa tenda, vai encontrar na tenda de algum outro colega. O preço está bom e a qualidade excelente, para que as famílias preparem o almoço da Semana Santa”, destacou.

Além de encontrar pescado de qualidade, durante todos os dias do evento é possível ter acesso aos produtos da agricultura familiar, como frutas, verduras, legumes, raízes, hortaliças, além de queijos, bolos e ovos. Também é possível ter acesso à comidas prontas para café da manhã e almoço, comida regional e caldinhos, incluindo de peixe, camarão e marisco. “Eu e meu marido estamos aqui na Cecaf há oito anos. Somos da Baía da Traição e trabalhamos desde o início com comidas prontas. Arroz de leite, pirão, macaxeira, carne de bode, porco guisado e, na Semana Santa, estamos trabalhando com caldinhos de marisco e de peixe, a partir de R$ 5”, conta a cozinheira Jailma Bezerra Alves.

Localização – A Cecaf está localizada na Avenida Hilton Souto Maior, 1112, José Américo. Vizinho ao NATU-TRE. A tradicional feira do local acontece sempre às quintas e sábados, das 05h às 12h.

Serviço:

Semana do Pescado da Cecaf

Data: de 27 de março a 30 de março
Horário de funcionamento durante o evento: 5h30 às 14h30

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *